Arménia
Intérprete(s): Misha
Tema: Boomerang



Cláudio Poiares-Rodrigues - "Isto não encaixa. Parece a parte 2 da Mirror de São Marino (JESC2015).” Esta foi a primeira reação que tive quando ouvi o pequeno Misha. Gosto do vídeo, mas não sei porquê, o rapaz tem um olhar que me assusta e não consigo mesmo “conectar-me”. Apesar disto, o público europeu (e mundial) poderá gostar da melodia e colocá-lo num top 5, mas não é material de vencedor. Veremos como se sairá no dia 26.

6 pontos

Dalal Midhat - A canção enquadra-se nas capacidades e na voz do cantor. Tem uma mensagem muito poderosa. O cantor tem uma interpretação forte, que expressa sentimento e é muito confiante. A simplicidade do vídeo ajuda a audiência a concentrar-se mais na música. Tendo em conta a idade do cantor, esta performance é a que se destaca mais.

12 pontos

Diogo Cabral - Segue-se a entrada da Arménia. Gosto da voz do jovem Misha, sobretudo da consistência dos seus agudos e do seu poder vocal. Mostra-o bem, na segunda parte da canção, fazendo bem as transições entre o registo agudo e um mais grave. O único “defeito” que encontro nesta canção é a sua repetição constante. Penso que irá surpreender ao vivo com o seu poder vocal. Boa sorte, jovem Misha.

10 pontos

Hélder Simões - Ou muito me engano, ou isto pode correr bem para estes lados. Uma balada muito bem pensada para o concurso, um cantor de qualidade. A Arménia não brinca de serviço e o Boomerang deles parece que ficou do lado dos bons resultados. Escolha perfeita! Parabéns, quero mais músicas assim, dear Armenia. 

12 pontos

Hugo Sepúlveda - A Arménia apresenta uma balada com uma letra interessante, adequada, gosto bastante do conceito dela. A fórmula em si não é uma grande novidade, a música vai crescendo cada vez mais, explodindo no final, que acaba de uma forma “esperançosa”, mais gentil. Aqueles “throw-oh-ow” são bastante orelhudos. Misha tem tudo que a música pede, uma boa voz, um ar amoroso e acredito que ao vivo ganhará ainda mais força. Espero que este boomerang volte com um bom lugar para a Arménia.

10 pontos

José Carlos Godinho - Uma canção com uma imagem interessante, comparando o “dar e receber” amor ao movimento de “vai e vem” de um boomerang. A melodia é cativante e tem um bom refrão que termina de forma dinâmica com a articulação da palavra “throw”. A interpretação é boa, com um canto muito afinado e expressivo. Gosto.

10 pontos

Lisa Garden - Tão pequenino e já tão talentoso! Um bom tema numa voz e música bonitas.

10 pontos

Lúcia Pérez - Uma canção bonita com um excelente artista, que tem uma imagem muito característica, fazem da proposta da Arménia a minha favorita. Uma voz especial com uma música bastante original com partes surpreendentes e muito atraentes.

12 pontos

Martin Fitch - Uma voz fantástica e adoro que os arranjos não estraguem a beleza da língua nacional, que soa tão bem na voz deste jovem. Gosto imenso da música. A Arménia sabe sempre fazer o seu trabalho. Esta balada é moderna, mesmo que me recorde dos fantásticos anos 90 na Eurovisão.

12 pontos

Nuno Carrilho - É, claramente, um dos grandes favoritos à vitória do Festival Eurovisão Júnior 2017. “Boomerang” tem uma grande composição, é extremamente bem defendida e tem uma carga dramática suficiente para prender os espectadores durante os três minutos de atuação. Contudo, não é das minhas propostas favoritas oriundas da Arménia… 

10 pontos

Nuno Reis Conceição - Um pequeno cantor com muito talento, é inegável, mas como uma imagem e atitude que não se coadunam, de todo, com a sua tenra idade. A canção fica no ouvido, sem dúvida, e isso é um forte ponto a favor da proposta arménia. Mas tudo o resto, de alguma forma, “não bate certo”… 

6 pontos

Rúben Ameixa - A Arménia apresenta-se a meu ver, como uma das possíveis candidatas à vitória do JESC 2017. Uma balada bonita e simples e que se encaixa perfeitamente na bonita voz do Misha.

10 pontos

Wanda Stuart - O que me salta à vista imediatamente é a mensagem de esperança. Com uma batida quase marcial, esta balada fala de amor e bondade e está muito bem cantada pelo miúdo. Dependendo da produção em palco, pode vir a ser uma das preferidas, pois tem força e pode se tornar num "hino". Preferia que tivesse uma imagem mais moderna, a roupa do intérprete é um pouquinho "pirosa" e também lhe mudava o cabelo (embora ele deva ter muito orgulho nele, vê-se no vídeo, eh eh eh).

8 pontos
Total: 122 pontos

(A pior pontuação de cada país não é contabilizada)

2 comentário(s):

  1. Mas que surpresa, afinal Misha é um rapaz e eu votei num top de um vídeo a que assisti no youtube como se fosse uma menina. Mas isso não muda nada a minha opinião, nesse top pontuei-o com 7 pontos e assim vai continuar. Não muda o instrumento vocal e isso é o mais importante nesta cena.

    ResponderEliminar
  2. A Armenia volta a apostar em grande mas desta vez com uma balada que podia perfeitamente discutir a vitoria , espero que mudem o palco porque se nao , nao tem hipoteses , 8 pontos.

    ResponderEliminar

Especiais em Destaque

 
Top