Geórgia
Intérprete(s): Grigol Kipshidze
Tema: Voice Of The Heart



Cláudio Poiares-Rodrigues - “And the winner of the Junior Eurovision Song Contest 1988 is…” Na realidade a primeira edição foi em 2003. É uma música algo agradável mas parece saída dos anos 80. A voz é uma das melhores para mim , a letra é algo interessante mas o instrumental… sem comentários. Por serem o host country poderão ficar no top 10, mas no meu, estão fora dele.

4 pontos

Dalal Midhat - A canção adequa-se ao cantor e à sua capacidade vocal. O cantor tem uma interpretação forte, com uma técnica vocal fascinante. A performance é arrasadora.

10 pontos

Diogo Cabral - Neste alinhamento, segue a Geórgia e o jovem Grigol. A canção e o cantor, confesso, que não me cativam muito, apesar de gostar um pouco da voz do cantor, sobretudo, a partir do final do minuto 2. A sonoridade é muito semelhante a tantas outras e esta balada não se vai destacar nada no JESC 2017. Se o conseguir é por estar a jogar em casa. Lutará pelos últimos lugares da tabela. 

4 pontos

Hélder Simões - Uma canção de anfitrião. Simples, talvez demasiado simples. Não há nada de especial nesta canção, a não ser a voz do artista. Gostava de o ver no ESC daqui a uns aninhos, com outra música

2 pontos

Hugo Sepúlveda - A entrada da Geórgia ainda me levou um tempo a convencer, mas lá vai conseguindo e lá se vai entranhando. Apesar de não ser uma aposta muito moderna ou contemporânea, é uma música com qualidade e apresenta umas inspirações em Versace on the Floor, seguindo esse estilo. Grigol transparece uma inocência e uma amabilidade numa sonoridade que nos deixa bem nostálgicos, conseguindo mostrar os seus dotes vocais na quantidade certa, sem se tornar exagerado. Muito provavelmente acredito que terá uma boa classificação.

7 pontos

José Carlos Godinho - Um ambiente retro reforçado pelo formato cantor/coro, pelas roupas e penteados, pelo filme a preto e branco e por um estilo de música com traços jazzísticos. O cantor é muito bom e tem uma interpretação convincente. Apesar de tudo, a canção não é nada de especial. Vive mais da boa interpretação do que de estruturas melódicas, rítmicas ou harmónicas de realce. Eu gosto, mas por esses motivos.

8 pontos

Lisa Garden - Quando a música começou pensei de imediato "Whitney Houston/Mariah Carey type beat"! O Grigol tem uma técnica de canto incrível. Gostei muito da fusão da voz com o instrumental. Espero que ele cresça, que se encontre na música e que faça muita música bonita. 

12 pontos

Lúcia Pérez - Grande qualidade de voz e bonita canção. Uma proposta muito interessante que seguramente alcançará um grande lugar.

10 pontos

Martin Fitch - Oh wow! Que voz! Fantástico peque cantor, desejo-lhe uma grande carreira já que me recorda dos melhores vocalistas masculinos deste mundo. A música é demsiado complexa para a Eurovisão Júnior, mas tem imensa qualidade e a voz dele é perfeita. 12 pontos para o rapaz e 10 para a canção.

10 pontos

Nuno Carrilho - A jogar em casa, a Geórgia aposta numa canção bonitinha e num bom intérprete... mas nada mais. Até pode resultar bem em televisão e posso vir a mudar a minha opinião, mas não vejo nada de mais nesta candidatura. Deve acabar, contudo, nas primeiras posições.

7 pontos

Nuno Reis Conceição - O país anfitrião dá uma lição de bom-gosto, na música e na respectiva apresentação em palco (embora considere algo exagerados alguns trejeitos das coristas). O intérprete georgiano, o jovem Grigol Kipshidze, tem a oportunidade de “brilhar” neste tema, constituindo um excelente cartão de visita em termos musicais.

8 pontos

Rúben Ameixa - Esta é aquele tipo de canção que começa a melhorar na parte final. Não simpatizo muito. Vocalmente nada de negativo a apontar, pelo contrário. A presença em palco com o coro até pode resultar bem.

3 pontos

Wanda Stuart - Se fosse cantada em Inglês, pensaria que estava a ouvir um cantor de soul americano. Tem uma excelente voz, o miúdo, e a canção é lindíssima. Tem um domínio da voz invulgar para esta idade. Gostei da estética do vídeo, a preto-e-branco, com o coro de meninas muito graciosas e afinadas, lembrando os grandes intérpretes negros da soul music.

10 pontos

Total: 93 pontos
(A pior pontuação de cada país não é contabilizada)

2 comentário(s):

Especiais em Destaque

 
Top