Albânia
Intérprete(s): Eugent Bushpepa
Tema: Mall


Adão Nogueira - A Albânia apresenta-nos este ano uma balada rock, longe das baladas antiquadas que nos tem presenteado, com uma bonita letra e uma mensagem que passa ainda melhor pelo facto de ser na sua língua materna. Eugent Bushpepa é detentor de um timbre poderoso defendendo muito bem esta proposta.

6 pontos

Francisco Branco- Foi a primeira canção a ser conhecida, tal como a Albânia já nos habituou nos últimos anos. Isto tanto pode ser uma vantagem, como uma desvantagem. No meu caso, foi paixão à primeira vista e desde a primeira audição fiquei com a sensação de que seria uma das músicas em destaque esta edição. Na realidade, acabei por enganar, porque, pelo menos, nas apostas e nos rankings esta proposta está longe de ser das favoritas, e arrisca-se mesmo a não passar a semi-final. O que é uma pena. Uma canção com traços tradicionais, e com uma voz soberba, que não deixa ninguém indiferente. Ainda tenho a esperança que surpreenda e consiga uma boa posição na final.

10 pontos


Hélder Simões - Nunca gostei... nem antes, nem depois do revamp. A canção demora demasiado a arrancar... o refrão é bom, mas não compensam. Três minutos que nunca mais acabam... A voz do Eugent é boa, o instrumental é bom, mas o problema para mim, um mero amador a nível musical, é a construção da canção. Espero, contudo, uma boa atuação.

1 ponto


Luís Florindo - No contexto da primeira semifinal acho que esta canção vai ficar perdida. É um rock com uma base de cordas que agrada ao ouvido mas não se destaca. A Albânia é um dos países que fica cronicamente sem passar à final e parece que não vai ser desta. Ao contrário de outros anos as alterações efectuadas foram poucas. Em vez de levar a canção para novos arranjos na Suécia ou na América talvez tenha decidido mudar de agulhas e ficar mais perto da primeira versão. Igualmente decidiu cantar em Albanês, algo que já não acontecia desde 2013. Ainda assim acho que estas alterações não vão trazer sucesso.

5 pontos


Nuno Carrilho - Gosto imenso! Ponto! Bem defendida, uma óptima composição... tudo aqui resulta. Mas infelizmente isso não deverá traduzir-se numa boa classificação, tendo em conta a semifinal em que está inserida... É uma das minhas favoritas da semifinal! Vamos esperar para que tudo corra pelo melhor e que a Albânia esteja na gala de 12 de maio.

8 pontos


Patrícia Gargaté - A Albânia é aquele país que faz sempre alterações pouco felizes aos seus temas e este ano surpreendeu pela positiva: Eis que deixou a canção respirar e não decidiram mudar tudo… E o melhor é que as alterações melhoraram a canção! O Eugent é uma das melhores vozes masculinas a concurso com uma melodia muito agradável, contudo apesar disso creio que pode ficar para trás, tem capacidade para agradar à maioria das pessoas mas não a vejo com posição de destaque na semifinal. A Albânia deve ir com orgulho e apenas isso.

8 pontos


Ricardo Matias - Tendo sido a primeira música a ser conhecida para o ESC2018, dada a enorme qualidade musical e vocal desta canção previam-se boas perspectivas quanto à diversidade e qualidade de canções deste ano, algo que se veio a confirmar. No que diz respeito à canção propriamente dita, era das minhas canções favoritas… até que o corte dos 4 minutos para 3 minutos fez perder grande parte da essência da canção. Acredito que passará à final, contudo não terá um impacto tão significativo como aquando da versão de 4 minutos que fez ganhar o Festival da Canção da Albânia.

7 pontos


Rui Vieira - Excelente voz, estilo Rock FM, bom refrão. No entanto o facto de ser cantada em Albanês (embora eu prefira que cantem na sua língua de origem) pode não ser bem entendida e recebida pelo televoto, sendo uma boa canção que deverá ser esquecida facilmente se não tiver um bom staging e uma performance ao vivo cativante ao espectador votante. Não deverá ficar bem posicionada com o júri, nem passar da semifinal

7 pontos


Sérgio Costa - A Albânia apresenta uma proposta com alguma força vocal e instrumental. Alguns sons de rock combinados com instrumentos folk parecem ser a fórmula para uma participação que “foge” um pouco ao “estilo eurovisivo” mais frequente neste concurso. Uma canção interessante, que pode ter algum destaque, mas que pode não passar à final por não ser um tema verdadeiramente arrebatador das atenções globais. Esta canção pode despertar paixões ou, por oposição, passar despercebida num concurso imenso de 43 temas a votos.

6 pontos


Total: 180 pontos

2 comentário(s):

  1. A primeira impressão que tive de «Mall» foi de indiferença mas não fiquei preocupado porque Albania altera sempre seus temas. A alteração sufrida é para melhor, mas dos temas avaliados é o primeiro tema a não pasar á final. Não esquecemos que Azerbaijão esta na corda bamba. Eugent tem potencial de voz mas seu timbre incomodame. A seu favor a canção ofrece o seu idioma nativo por isso e só por isso atribuo 1 ponto á Albânia.

    ResponderEliminar
  2. Não gosto do timbre do intérprete, não imagino como seria se ele não esticasse tanto as cordas vocais. Se ele não se importa de rebentar com elas isso já é problema dele.Por outro lado, este tipo de música não tem muito a minha simpatia. Dou 1 ponto.

    ResponderEliminar

Especiais em Destaque

 
Top