Roménia
Intérprete(s): Ester Peony
Tema: On A Sunday



Adão Nogueira - Uma das grandes desilusões das finais nacionais deste ano. A Roménia, na minha opinião, conseguiu deixar de fora as minhas 2 favoritas e escolher este tema aborrecido. Com uma boa presença, Ester Peony defende um tema muito igual a nível instrumental e a sua prestação vocal deixa um pouco a desejar. Nada que não possa melhorar com o tempo que ainda lhe resta. 

5 pontos

Diogo Maurício - A canção começa logo com um glitch, mas quando a canção começa a avançar, começa a tomar um tom mais erótico, sexy e até com algum pezinho de dança. Mas, na minha opinião, uma vez que a Peony começa a cantar de forma sexy, talvez para impressionar o James Bond, começa a perder algum encanto. Mas, no geral, é uma música boa, mas é uma canção pop estereotipada que até já foi acusada de plágio, típico de alguns artistas que tentem imitar a Adele ou até mesmo a Tina Turner. 

6 pontos

Fábio Ventura - Depois da Roménia não se ter qualificado pela primeira vez no ano passado, seria de esperar que tentassem este ano tudo o que pudessem para obter o lugar na Final.  Porém, serviram aos fãs uma controversa selecção nacional, onde o voto do público valeu tanto como o voto de um dos seis membros do júri (isto é, 1/7 da pontuação total), o que até levou à desistência de vários artistas antes mesmo da selecção se iniciar! Como se não bastasse, dois elementos do conhecido site eurovisivo WiwiBloggs foram convidados para o painel dos jurados, colocando em causa a imparcialidade que se desejaria. “On a Sunday”, que obteve somente o 8º lugar no voto dos fãs daquele país, está muito longe de ser a minha favorita deste ano. Deixando tudo isto de lado, a canção em si não tem um impacto memorável à primeira audição e falta-lhe um refrão cativante, ainda que os “hey hey” se tornem bastante catchy. O instrumental lembra-me as entradas da Croácia e Letónia do ano anterior (que não se apuraram para a Final). O ponto positivo que encontro é que a Ester Peony é bastante carismática e talvez consiga chegar aos fãs com a atitude em palco. Os vocais são satisfatórios, ainda que nas notas altas se peça mais força. Não é a pior canção da semifinal em que foi colocada, mas facilmente passará despercebida.

3 pontos

Fernando Pereira - Esta musica/canção é complicada de prever. Se passar penso que esteja ali na corda bamba, caso não passe ficará por pouco... Não é das melhores, nem é das piores. Acho que merecia passar, mas há apenas 10 lugares e musicas melhores (e muitas sobrevalorizadas infelizmente). É retratado nesta canção um tema recorrente e que muita gente se identifica, mas na hora de votar o momento poderá estar esquecido. Um bom guarda roupa e apresentação de palco poderá funcionar perfeitamente.

7 pontos

Jefferson Macaronel - Umas das finais nacionais mais polêmicas do ano,  com um resultado muito polêmico. On a Sunday é uma música que cresce a cada instante, chega a ser repetitiva, porém Ester Peony usa seu glamour e sua ótima interpretação que a levou a conseguir 12 pontos do júri na Romênia. Outra música que me passava ao lado e agora é uma das que mais ouço e adoro. Acredito que a Romênia irá para a final se vingar do que ocorreu com os The Humans (Que foram incríveis no ano passado), porém On a Sunday precisa de algo que faça chamar atenção do público. Desafio a TVR. 

10 pontos

Luís Florindo - A aposta da Roménia é bem capaz de passar à final porque costuma ser essa a tradição. É mais uma probabilidade estatística do que propriamente uma canção com potencial. A canção é meia hipnótica pela batida e pelo movimento de braços da cantora é estranho. É mais uma das canções “medianamente” fracas deste ano. 

3 pontos

Manuel Farinha - Gostei da performance de Ester Peony na final nacional romena e igualmente da música. Acho também que a Roménia não compromete em nada com esta proposta musical, todavia está longe de ser distinta e diferenciadora em relação às demais. Sendo assim, o resulto futuro é neste momento para mim uma incógnita, uma vez que se ,por um lado, a Roménia tende a contar com o contributo da sua diáspora europeia, por outro lado, é hoje claro, creio eu, para todos os que seguem mais de perto a Eurovisão que não há países cativos na final excetuando os BIG 5 e o país anfitrião.

7 pontos

Nuno Carrilho - Sinceramente... não me diz nadinha. É uma canção interessante de se ouvir (mas não em todos os dias) e pronto: basicamente é isto... Longe das minhas favoritas, a cantora da Roménia terá de apostar tudo em palco para não ter o mesmo rumo da canção romena do ano passado. Passa-me claramente ao lado. Next...

5 pontos

Pedro Coelho - A canção da Roménia e simplesmente uma das mais estranhas da edição, não é fácil de gostar mas depois de ouvir algumas vezes fica na cabeça. Gosto do vocal , gosto do instrumental e o videoclipe está fenomenal. Mas penso que a esta canção vai ter de correr muito para chegar a final. 

6 pontos

Total dos 35 comentadores: 212 pontos
Ver pontuações na íntegra AQUI

1 comentário(s):

  1. Ester está a contas com um pesadelo que já dura há algum tempo e não tem forma de se esquecer daquele malfadado domingo de Setembro. Pois, mas é precisamente em Setembro que cai a folha caduca e convém esperar por uma estação mais animadora, talvez quando os passarinhos se fazem ouvir com o seu pipilar alegre e as flores se abrem despudoradamente ao sol quente mas ainda não abrasador. É o preço que se tem a pagar quando se deseja alguém que não se deve. É o que pensa Ester Peony e transmite essa ideia sempre com uma voz sensual na sua cantiga que enternece as vítimas que sofrem do mesmo mal. Como é uma doença que não se trata com medicação, talvez seja melhor consultar um psicanalista. Este é o género de cantigas que inundam o reportório da Eurovisão e delas vai sempre precisar porque sem cantigas de bem querer ou mal querer o festival talvez não subsista. Na minha carteira de pontos vale 2 pontos.

    ResponderEliminar

Especiais em Destaque

 
Top