Arménia
Intérprete(s): Genealogy
Tema: 'Face The Shadow'



Aáron García-Álvarez - A mistura de continentes acaba por não resultar na aposta de Arménia para o festival. Acaba por ser cansativa e difícil de decorar alguns dos ritmos da melodia. 

4 pontos

Carlos Coelho - Faz-me lembrar o “Butterflies” da Bielorrússia, porém, não tão mau. O refrão (e toda a canção) parece vir dos anos 80 e a mistura com o canto lírico, de gosto duvidoso, faz antever um belo momento de parafernália e circo kitsch em palco em Viena. Não sei se envolverá pirotecnia, plataformas ou tudo junto, mas mal posso esperar.

4 pontos

Eurico Alves - Para uma seleção interna estava à espera de mais. A canção parece-me demasiado morna, mas acredito que no palco do ESC2015 possa resultar. 

4 pontos

Fabiana Silva - Excelentes artistas, canção bem construída e bem produzida... mas ainda fico bem receosa quanto à harmonia das seis vozes ao vivo e à apresentação em si. Ainda assim, a ARMTV encontrou uma forma inteligente de mostrar que um supergrupo pode se unir e cantar uma canção sobre ‘paz e união’ sem ser clichê (ouviu, Siegel?). Ouví-la assistindo ao clipe foi uma experiência agradável para mim.

8 pontos

Fernanda Ribeiro - A canção começa e de imediato nos faz lembrar uma composição escrita para um musical. Pensamos que vai surgir uma melodia bastante atractiva, mas, no entanto, à medida que a música desenvolve, todo o fio condutor se perde, transformando-a numa composição um pouco irritante, como que um grande mar cheio de barulho. 

3 pontos

Gonçalo Vieira - A canção da Arménia é uma autêntica canção de “muita parra e pouca uva”. Ainda que o país do Cáucaso aposte num projeto com sentido histórico, a verdade é que “Face The Shadow” não impressiona. Os 6 intérpretes são muito competentes, sendo que por esta competência e diferenciação de timbres, a canção seja uma mistura completa de sons. Parece mesmo uma manta de retalhos… Veremos como funciona ao vivo mas, tenho ideia que os arménios não irão chegar aos calcanhares do resultado do ano passado.

4 pontos

João Diogo - A ideia por detrás desta música arménia já dava a entender que isto não ia resultar muito bem. É um tema claramente político, com uma mensagem subjacente e provocatória. Não é por acaso que aparece este ano, quando se celebram os 100 anos do genocídio arménio às mãos dos turcos. A conjugação de tantas vozes num só tema não resultou e, a juntar a isso, o instrumental é confuso. Acaba por se tornar uma enorme salgalhada...

2 pontos

Patrícia Gargaté - Só bons artistas, muita qualidade e muitos haters. Eu gosto da música mas tenho consciência que, para cair na graça das pessoas, precisava de mais garra ao longo da canção e não só no refrão... chega a meio da música e aborrece! Eles recuperam, mas o aborrecimento já estave lá… e isso conta. 

7 pontos

Paulo Morais - E depois de uma canção fraca, logo que se segue outra ainda pior! Grupinho estratégico a piscar os olhos aos muitos arménios espalhados pela Europa, mensagem que todos nós já sabemos, canção aborrecida e cansativa, por vezes até irritante, os sininhos pelo meio são de morrer e gritaria final… I dont deny, but you have to face the shadow that this song dont deserve the Final… soooo boring… 

0 pontos

Rui Ramos - A Arménia constrói a ponte para a final e o top 15, garantido. Juntou seis vozes e estilos que combinam a 100% e com uma música que é tão pessoal e que atingirá o coração dos europeus!

6 pontos

Total: 42 pontos

Atenção: Os textos da Fabiana Silva encontram-se em português do Brasil dada a origem da comentadora.

6 comentário(s):

  1. Quem diz que esta canção NÃO é sobre o genocídio de 1915 só pode estar a brincar! Uma canção que me sabe a hipocrisia, por isso o meu Nul Points

    ResponderEliminar
  2. Não desgosto, mas para o final torna - se um pouco confuso...23° no meu top...

    ResponderEliminar
  3. Esta música é daquelas que não vem trazer absolutamente nada de novo ao concurso. Tratando-se da Arménia e de um grupo de intérpretes oriundos de vários do mundo, é muito provável que passem à final, mas para mim não tinha lugar.

    Pontuação: 4 pontos

    ResponderEliminar
  4. Há aqui nestes comentários do painel uma enorme falta de sintonia entre uns e outros, o que até pode ser de louvar, desde que cada um deles consiga convencer quem os lê, pelos argumentos urdidos, dos seus pontos de vista. Neste conjunto de comentários estou com o Rui Ramos, entendo que quando ele fala em música muito pessoal se está a referir aos arménios. Também acho que não terão muita dificuldade em chegar à final. A minha pontuação: 7 pontos.

    ResponderEliminar
  5. A ideia até podia ser boa MAS falhou e de que maneira(as vozes em questão são boas mas juntas "Jesus Credo")e musica e a letra repetitiva também ñ ajudaram.
    Por mim ñ passariam á final o que também ñ lhes faria mal nenhum pois já ñ seria a 1ªvez.

    ResponderEliminar
  6. Devo confessar que gostei do conceito subjacente a este projecto mas o resultado final defraudou as minhas expectativas. Uma profusão tão vasta de vozes (e o tema em si) também não me convencem... 3 pontos.

    ResponderEliminar

Especiais em Destaque

 
Top