Áustria
Intérprete(s): Cesár Sampson
Tema: Nobody But You



Adão Nogueira - É impossível ficar indiferente à proposta da Áustria deste ano. Um instrumental atual, bem construído e com uma mistura de elementos pop, jazz, gospel e soul, enquanto que a letra é um tanto cliché: fala de amor, mas adapta-se bem ao instrumental e à voz quente e segura de Cesár.

8 pontos


Francisco Branco - A Áustria volta a trazer qualidade ao Festival Eurovisão da Canção. Mesmo após a sua vitória em 2014 tem vindo a apostar em força no festival, e este ano creio que selecionaram a música e o cantor certos. O Cesár Sampson, além de ser talvez o homem mais charmoso desta edição (quer queiramos, quer não, capta sempre votos), tem uma voz irrepreensível e defende muito bem esta “Nobody but you”. Adoro, simplesmente adoro também os coros desta canção. É uma das minhas favoritas. Vejo-a perfeitamente num Top 10.

10 pontos

Hélder Simões - Mais do mesmo: um senhor a correr na floresta (porém, este ano com uma canção melhorzita) e uma canção comercial... Não há muito a dizer sobre esta proposta. Zona de conforto, comercial, não sei se vai atrair os eurofãs... Porém, o “outro” público vai-se render. A voz é segura, aposto que a encenação vai estar também a rigor. Boa sorte, é o que me resta dizer.

4 pontos


Luís Florindo - A canção da Áustria é uma proposta bastante interessante sobretudo pelo lado gospel do refrão. Aliás, a interacção entre coro e intérprete conferem força e uma estrutura dinâmica à canção. No seu conjunto resulta e não me espantaria um bom resultado. Esta canção consegue ser um “crowd pleaser” e agradar também ao júri porque foge um pouco ao pop mais fácil e orelhudo associado à Eurovisão. É igualmente uma canção de apelo comercial na rádio que pode alcançar um top 10.


8 pontos


Nuno Carrilho - Admito que aquando da escolha de Cesár, fiquei com as expectativas bastante baixas... mas talvez até tenha sido bom. De um modo geral, gosto imenso de "Nobody But You"... contudo, tenho receio que possa vir a desiludir em palco. É um dos temas que mais gosto na semifinal, mas não vejo um fácil apuramento... Esperemos por 8 de maio.

8 pontos


Patrícia Gargaté - Que voz! É que qualquer comparação fica de lado, sei que há quem as faça mas nem vale a pena, isto é outro nível. Este tema respira luz e alegria. Sei que tem potencial para não se destacar mas acredito que a Áustria consiga fazer o suficiente para se qualificar para a final.

10 pontos


Ricardo Matias - Apesar de se verificar a qualidade da canção austríaca para este ano, sinceramente não a vejo a passar à final em 2018. As capacidades vocais estão lá, sem dúvida, contudo não vejo nem o público nem o júri a pôr esta canção no seu Top10 (originando assim qualquer ponto). É também uma canção que facilmente se podia ouvir nas rádios generalistas de hoje, contudo não consigo verificar pontos que permitam destacar esta canção de todas as outras concorrentes deste ano.

5 pontos


Rui Vieira - Para mim, a Áustria tem uma das melhores baladas do ano. Boa interpretação e deverá ser uma das finalistas vindas da semifinal 1. No entanto, tenho uma grande expectativa de ouvir a canção ao vivo para poder comparar com a versão de estúdio. Letra muito apelativa que deverá ser apreciada tanto pelo júri como pelo televoto.

10 pontos


Sérgio Costa - Uma voz com muitas potencialidades sonoras, música com tonalidades atuais, numa canção cujo refrão se pode trautear facilmente em inglês. Faz lembrar um pouco um tema gospel, com coros de acompanhamento poderoso. Certamente será da preferência de muitos para ficar bem posicionada no certame. E, provavelmente, pode ter êxito comercial fora do concurso. Este tipo de canção passa em rádios, ouve-se em programas de televisão e pode até fazer parte de bandas sonoras de filmes destinados a públicos de massas.

5 pontos


Total: 250 pontos

3 comentário(s):

  1. Muito bem construída esta canção com princípio, meio e fim e principalmente com boas bases que a sustentam e a mantêm segura do princípio ao fim. Bom suporte vocal e instrumental.Quase de certeza que passará à final.Dou:3 pontos.

    ResponderEliminar
  2. Cesar Sampson catapulta uma ves mais a Austria para os bons resultados. Uma mistura de varios estilos musicais com um resultado muito sabroso. Á finallllll sem problemas. Adoro. 6 pontos.

    ResponderEliminar
  3. Cesar Sampson catapulta uma ves mais a Austria para os bons resultados. Uma mistura de varios estilos musicais com um resultado muito sabroso. Á finallllll sem problemas. Adoro. 6 pontos.

    ResponderEliminar

Especiais em Destaque

 
Top